Grace and Frankie, uma produção Netflix para quebrar tabus

O que dizer de uma série que a primeira cena é assim?

Bom, só podemos imaginar que muuuita coisa vai acontecer 🙂

Grace and Frankie é uma produção original Netflix e estreou em maio desse ano. A história é sobre Grace (Jane Fonda) e Frankie (Lily Tomlin), duas mulheres na 3ª idade, que se viram em uma situação um tanto quanto incomum: seus respectivos maridos Robert (Martin Sheen) e Sol (Sam Waterston) pediram divórcio delas, revelaram que eram gays e que queriam se casar. Tudo dito de uma vez só como vocês podem ver no trailer. A partir daí, as duas que não eram lá muito amigas (na verdade, elas praticamente se odiavam), precisam se apoiar e dividem a casa de praia que era dos dois casais.

Grace and Frankie <3

Além da história ser diferente do que vemos por aí, a série traz alguns pontos que quebram tabus e estereótipos:

  • As personagens principais são mulheres (ponto!) na 3ª idade (ponto duplo!) e são representadas por atrizes com mais de 70 anos (ponto triplo!). Jane Fonda tem 77 e Lily Tomlin está com 75.
  • A história consegue abordar pontos como homossexualidade e vida sexual na 3ª idade.

Quantas séries e/ou filmes vemos abordar pelo menos um desses pontos? Acredite, não são muitos.

Em uma entrevista para O Globo (aqui), Fonda conta que já estava buscando oportunidades de representar pessoas idosas na TV, porque era mais provável de ter essa diversidade para o papel do que os filmes de Hollywood.

“Uma das razões pelas quais eu queria especificamente fazer uma série sobre mulheres idosas é porque somos a faixa demográfica que mais cresce no mundo. Além disso, os idosos estão vivendo mais, e a cultura e a mídia não costumam contar histórias sobre pessoas mais velhas. Mas eu sou uma idosa, quero ver a televisão falando sobre pessoas mais velhas, os tipos de problemas que enfrentamos, como nossas vidas são.”

E, claro, podemos dizer que ela conseguiu um papel perfeito 🙂 Ela diz que ficou um tanto quanto surpresa por ser uma produção do Netflix, porque é para a internet, algo inovador para ela que está acostumada ao cinema e apenas algumas aparições no seriado The Newsroom.

“Queria mostrar a realidade de ser idoso, e não o estereótipo. Pessoas idosas têm vida sexual. (…) Acho muito marcante que dois homens, que se amam há 20 anos, nunca tenham tido a oportunidade de ser honestos sobre isso. Tudo por causa da homofobia na nossa sociedade.”

Como podemos ver, ela realmente quer quebrar tabus e trazer novos temas para as telas, sejam elas telas de cinema, TV ou computador.

BÔNUS: A série é escrita por Marta Kauffman, cocriadora de Friends 😉 Flw, vlw.

É uma série que vale muito a pena acompanhar, pela história, atuação, dramas e tudo mais! A primeira temporada tem 13 episódios e a segunda temporada está prevista para 2016.

Alguém mais acompanha Grace and Frankie?

Fonda, Kauffman e Tomlin, só amor <3

Você me encontra aqui também -> 

Compartilhe isso: