Heroes Reborn, merecia ter renascido?

Hey ho, let’s go!

Bom, primeiramente desculpas novamente pela minha ausência nas últimas semanas, estava enfrentando problemas de infraestrutura e logística. No meu retorno resolvi falar sobre uma série que também está retornando, Heroes, mas agora com o Reborn no final, para não confundirmos com a primeira tentativa haha.

Talvez este paragrafo contenha alguns spoilers, se você ainda não assistiu a série “original”. Mas Heroes foi uma das primeiras séries que o pessoal no Brasil começou a acompanhar a sério, baixar episódios, esperar semanas para descobrir o que aconteceria com seu herói favorito ou quem o Sylar iria eliminar dessa vez. Eu particularmente não acompanhei Heroes nessa epóca, lembro que estava acompanhando Lost e só ela já era demais para minha audiência pouco treinada.

Poster Heroes 2006

Além de ser uma das primeiras séries adoradas pelo público brasileiro, Heroes também passou pela famigerada greve dos roteiristas, para quem não sabe, os roteiristas americanos fizeram uma greve entre 2007-2008 que fez com que vários seriados ganhassem um hiato de quase um ano. O que fez com que Heroes já tivesse uma espécie de Reborn, pois a primeira temporada foi excelente, a revelação dos super heróis, a busca por entender seus poderes. A segunda temporada foi muito ruim, toda a história da companhia, o vírus Shanti que nasceu e morreu sem muita explicação, e o final da temporada que teve que ser repensado devido a greve, tudo bem ruim. A terceira temporada trouxe alguns novos heróis, mas uma trama muito perdida, com gente entrando e saindo o tempo todo, difícil de acompanhar. E a quarta temporada, sinceramente eu nem me lembro bem haha.

E então esse ano apareceu a Heroes Reborn, programada para ser uma minissérie, com apenas treze episódios, eu não acredito muito que vai ser só isso, mas tudo bem, a NBC diz, a gente acredita. Mas e aí, valeu a pena ter renascido?

Um ano atrás, um ataque terrorista em Odessa, no Texas, dizimou a cidade. Aqueles com habilidades especiais foram considerados os culpados pelo evento, o que os levou a esconderem suas habilidades ou fugirem de pessoas com motivos nefastos. Dois destes vigilantes incluem Luke e Joanne, que estão em busca de vingança após uma grande perda.

Enquanto isso, Noah Bennet, mais conhecido como H.R.G., está desparecido. Quentin Frady, um teórico da conspiração, o encontra e abre seus olhos para a verdade por trás da tragédia de Odessa.

Minha série

A sinopse acima apresenta a história como deveria acontecer, eu assisti 5 episódios e digo: é um “Save the cheerleader” all over again haha Nos primeiros episódios já acompanhamos Noah buscando por Claire, e outros heróis tentando entender seus poderes e fugindo dos humanos sem poderes que não aceitam os “EVOS”, seres humanos mais evoluídos, o vídeo abaixo traz um first look dos bastidores e da história:

Eu particurlamente não gostei, assisti esses episódios como assisti os episódios da série original, pois gosto de histórias de super heróis e de vê-los dominar seus poderes e coisas assim. Mas a parte dramática de humanos vs super heróis não me prende, além do que, é a mesma história com novos personagens, inclusive alguns super poderes novos, mas ainda assim, não achei que valeu a pena tirar Heroes dos destroços que a série original deixou lá no passado.

E aí, alguém já assistiu Heroes Reborn? O que achou? Conta pra gente nos comentários 🙂

Você também pode me encontrar aqui 😉 

Compartilhe isso: