Vikings: violência e história

Oi, gente!

Hoje, vim falar pra vocês da minha série escolhida da vez. Como já disse antes, eu só assisto uma série por vez. E, desde quando estava vendo Spartacus, o Netflix estava insistentemente me sugerindo Vikings. Depois da recomendação de amigos (e de terminar How to Get a Away With Murder), resolvi me render e vim aqui contar um pouco pra vocês. 🙂

Vikings é uma série produzida pelo History Channel e filmada na Irlanda. Com fundo histórico, Vikings apresenta os famosos exploradores, comerciantes e guerreiros nórdicos. A história é centrada em Ragnar Lothbrok, um dos mais famosos heróis nórdicos. A série retrata Ragnar e suas invasões pioneiras à Inglaterra, com a ajuda de seu irmão Rollo, sua mulher Lagertha e seus companheiros de guerra.

A trama é guiada pelas narrativas escandinavas, parcialmente fictícias e inspiradas na tradição oral. A série conta com 4 temporadas (até então) regadas a muitas batalhas, sangue, visões e conquistas. Além disso, mostra muito dos costumes, religião, vestimenta e, claro, homens paisagens nórdicas sensacionais.

Na minha humilde opinião, uma das coisas mais interessantes da série é o choque cultural que ocorre quando os nórdicos chegam aos países do Oeste, a série retrata bem a diferença entre costumes, crenças e religião de ambas as regiões. A mitologia nórdica é outro ponto alto (eu, particularmente, conhecia pouquíssimo), e suas histórias sobre a vida dos deuses, surgimento do mundo e explicações para os fenômenos ocorridos.

Além disso, tem uma pitada um bocado de violência, sangue, sexo e gente bonita.

Vikings 6

Em resumo, é uma ótima série e recomendo que vocês assistam. A season 4 sai agora em Fevereiro, corre que dá tempo de assistir as outras!

E vocês, já assistiram Vikings? Conta pra gente aqui o que achou, ou qual sua série favorita do momento, pra botarmos na nossa lista.

Beijos. 🙂

Gostou do post? Me acompanhe nas redes sociais. 

Compartilhe isso: