As 3 séries da Netflix que estou assistindo agora

Hey ho!

Como eu já comentei em outro post tem sido complicado encontrar boas séries nessa Mid Season, e por isso dou graças a Deus pelos seriado bons da Netflix que encontrei para acompanhar. Coincidentemente, 2 das três séries já tiveram post no blog, mas relembrar é viver, então vamos lá.

House of Cards

Essa semana principalmente você deve ter visto muitas comparações com a situação atual do Brasil com “House of Cards”, mas eu particularmente acho que nem o roteirista desse seriado sensacional conseguiu pensar em plot twists como os que temos aqui.

Se você estava morando em Marte e não tem a menor ideia de qual é o plot do seriado, segue a sinopse

Frank Underwood é um astuto congressista norte-americano que é traído pelo presidente que ele ajudou a eleger. Com a ajuda da esposa, de uma jornalista ambiciosa e de um outro político com problemas com alcoolismo, Underwood inicia um plano para minar adversários políticos e conquistar, em alguns anos, a presidência dos Estados Unidos.

Adoro Cinema

A série foi lançada em 2013 pelo Netflix e virou sensação, com um grande elenco, Kevin Spacey, Robin Wright, Michel Gill, Michael Kelly e outros. A série é toda baseada em esquemas políticos acontecendo em Washigton, envolvendo lobbying*, chantagens, crimes e tudo o que você pode imaginar que acontece no meio político, independente do país.

*Lobbying é o nome que se dá à atividade de pressão, ostensiva ou velada, de um grupo organizado com o objetivo de interferir diretamente nas decisões do poder público.

Nas primeiras temporadas o que vemos é um Frank Underwood destemido, fazendo tudo o que pode e o que não pode para alcançar seu objetivo, ser presidente dos EUA, para isso ele conta sempre com a ajuda de Claire, sua adorável esposa, e seu fiel escudeiro Doug.

Cada temporada tem seus plot twists, algumas pessoas somem outras vão parar na Record, a ética de algumas se torna elástica. Não vou dar spoilers, porque se você ainda não viu, precisa ver. Mas Ana, e se eu não gosto de política? É complicado eu sei, mas vivemos em uma sociedade politizada, tudo o que acontece no mundo envolve política e  sério, esse seriado ajuda a entender algumas coisas do submundo que todo deveria saber 😉

Então pegue seu balde de pipoca e invista tempo em conhecer mais sobre o mundo dos Underwood. Quem como eu  já assistiu tudo sabe que se você achava que depois de virar presidente, não há mais nada que o Frank pode almejar, está enganadíssimo, isso sem contar que a quarta temporada traz uma Claire poderosíssima, inclusive em se opor ao estimado marido.

Talvez essa quarta temporada não tenha o mesmo brilho das anteriores, confesso que achei alguns episódios meio densos, mas estou desde já aguardando a quinta temporada, pois é isso que “House of Cards” faz com você, te deixa sempre querendo mais haha.

Better Call Saul

Depois da queridinha do público “Breaking Bad” chegar ao fim, seu produtor e a Netflix decidiram apostar em um spin-off, para isso selecionaram um dos personagens mais carismáticos do show e começaram a contar a sua história. Este é Saul Goodman, na verdade, Jimmy McGill, um advogado no Novo México.

Série derivada do sucesso Breaking Bad, é ambientada seis anos antes de Saul Goodman (Bob Odenkirk) conhecer Walter White. Quando o conhecemos, o homem que se tornará Saul Goodman é conhecido como Jimmy McGill, um advogado de pequenas causas procurando o próprio destino e, mais imediatamente, tentando acertar sua vida financeira. Trabalhando ora junto a ele e ora contra, está Mike Erhmantraut (Jonathan Banks). A série acompanhará a transformação de Jimmy em Saul Goodman, o homem que coloca “criminosos” dentro da “lei”.

Adoro Cinema

A série é sobre advogados, mas não só sobre isso, nessa transição de Jimmy para Saul teremos muitos conflitos que não aparecem dentro de um tribunal, aliás, o que menos existe nesse seriado são tribunais ou disputas entre advogados. Muitas disputas acontecem entre pessoas mesmo, um certo jogo de poder, e isso faz com que Jimmy, com seu jeito controverso de resolver as coisas, vá se aproximando mais de Saul, o advogado que transforma qualquer coisa ilícita em lícita.

A segunda temporada mostra um Jimmy que já não tem mais problemas financeiros graças aos plot twists da primeira, porém ainda tem muitos problemas “morais”. Sempre tentando resolver as coisas dando um jeitinho, se ele fosse brasileiro quem sabe, e enfrentando o julgamento dos colegas.

Vale à pena conferir as duas temporadas, diferente das outras séries do Netflix, “Better Call Saul” lança um episódio novo a cada terça feira 😉

Flaked

Comentei sobre essa série no meu post de semana passada, ela foi produzida, criada e estrela por Will Arnet, você deve conhecer ele de “BoJack Horseman“, “Arrested Development” ou “The Millers”, ou talvez você não conheça haha, não tem problema.

Will Arnet é conhecido por estrelar comédias controversas, essa sem dúvida é uma delas. A série foi lançada em fevereiro no Netflix, são 8 episódios com pouco mais de 25 minutos cada. Mas não tem muita gente falando sobre ela, porque será?

Confesso que não entendi muito bem o que estava acontecendo em vários episódios, então vamos a sinopse e depois os comentários:

Chip, um autoproclamado guru, se apaixona pelo “objeto de fascinação” de seu melhor amigo e transforma uma relação de amizade num emaranhado de meias verdades e quase mentiras que irão comprometer a sua imagem.

Adoro Cinema

Então Chip, Will Arnett, é um quarentão, alcoólatra em tratamento que anda por Venice dando conselhos para as pessoas, o que as pessoas não sabem é que na verdade ele ainda bebe escondido, mesmo dizendo que faz dez anos que está sóbrio. Outras histórias que ele conta para “ajudar” os outros também não são exatamente verdades, e isso fará com que ele entre em muitas encrencas.

A cada episódio aparece um personagem diferente, com uma história diferente e eu não sei exatamente, até agora, como elas se misturam. Dois homens adultos “disputando” uma mulher que apareceu do nada, aparentemente se apaixonou de primeira por um mas está saindo com o outro, tudo bastante confuso.

Como comédia ela é mais ou menos, dá sim para dar umas risadas. Mas acho que a série não deveria ser classificada assim, ainda não sei em qual outro rótulo ela se encaixa haha. Talvez drama, por que em muitos momentos eu fiquei com pena do Chip, apesar dele ser um babaca egoísta haha.

Confesso que assisti a primeira temporada por curiosidade, não foi nada brilhante, mas como não estava esperando muita coisa, acho que é uma boa série para passar o tempo, se rolar segunda temporada, dizem por aí que não deve rolar, assistirei.

E aí, já assistiu algum dos seriados acima? Curtiu? E o que você está assistindo agora? Vamos trocar figurinhas 😉

Você também pode me encontrar aqui 😉 

Compartilhe isso:
  • Rafael Kazuhiro Yoshihara

    Faltou o demolidor ana ! Kkk A segunda temporada saiu esses dias..acho q series MARVEL e NETFLIX(jessica jones e demolidor) sai a temporada inteira (nao epi por semana) nao sei pq…E better call saul é sensacional…

    • Ana Carolina Alves Rodrigues

      Então Kazu, por uns motivos ai, chamados Bruna, eu não estou acompanhando o Demolidor, tenho vergonha em admitir, mas não terminei nem a primeira temporada hahaha

      Mas assim que possível vou acertar isso 😉

      • Rafael Kazuhiro Yoshihara

        Termine demolidor *-* nao quero dar spoiler mas 2 season vai ter herois bem legais…to no começo da segunda mas tá da hora!
        E uma série que apareceu das antigas é fuller house…Acho que quem assistia daquela época deve ser da hora…tipo imagina friends voltasse com todos atualmente…Não é aquelas séries que vicia mas é aqueles que vc pode assistir aleatório na tv sabe kkkkk Mas se fosse começar uma série de comédia tipo família indicaria Modern Family ! Sensacional 🙂