Vamos ver mais uma vez Grey’s Anatomy?

Hey ho!

Como vocês já devem ter percebido no meu post de remissão sobre The Walking Dead, estou disposta a dar uma segunda chance para aquelas séries que todo mundo fala e ama/odeia, mas eu acabei desistindo. A escolhida da vez foi Grey’s Anatomy. Como vocês podem ver nesse outro post, Grey’s estava na minha lista de séries preferidas, mas nos desencontramos e eu acabei desistindo.

Tchau Derek, nós vamos sentir sua falta 🙁

Mas porque então depois daquele testemunho eu voltei a assistir Grey’s?

Rumores diziam que a Cristina (Sandra Oh) voltaria a série na décima terceira temporada, a atual, e eu amo a Cristina. Sou uma das pessoas que acredita que a série perdeu muito do seu ritmo com a saída da atriz. Como eu parei de assistir ao seriado antes do final da décima primeira temporada achei então que era tempo de colocar a casa em ordem, vai que a Cristina realmente volta, e ai eu não vou conseguir acompanhar antes dos spoilers, não é mesmo?

Porém, eram realmente rumores, a atriz diz que não tem planos de retornar ao seriado, portanto, vamos ter que continuar acompanhando o seriado com o Karev (Justin Chambers) sendo a pessoa da Meredith (Ellen Pompeo) daqui pra frente mesmo. Ainda assim, eu voltei a assistir a série, tive que fazer uma maratona para colocar em dia pouco mais de uma temporada de episódios e agora estou on track com a série.

E valeu a pena voltar a assistir?

Pois bem, nada mudou muito do cenário em que eu desisti de assistir a série até agora, como todo fã de séries da Shonda Rimes é preciso estar preparado para muito drama. Em alguns episódios é possível que você tenha que pausar, dar uma respirada e ai sim voltar a assistir. Isso porque é inevitável não criar laços com os personagens, mesmo que você nunca tenha pensado em ser um cirurgião, eles são pessoas comuns, com dificuldades que nós podemos ter no dia-a-dia e no meio tempo ainda acabam salvando vidas.

Grey’s é um dos seriados a mais tempo no ar atualmente, já teve muitos tabus quebrados em todas as temporadas: alcoolismo, abuso sexual, tiroteios, acidentes, gravidezes inesperadas, casais homossexuais, ou seja, dentro da trama realmente os dramas acabam por acompanhar as temáticas mais discutidas no dia-a-dia de todos nós, de uma forma que às vezes pode parecer exagerada, mas é o que muitas vezes faz as pessoas refletirem.

O seriado já não é um dos meus preferidos, eu confesso, mas sem dúvida vale a pena acompanhar, principalmente se você quiser tomar uns tapas na cara. Durante minha maratona tiveram alguns episódios que tratavam sobre racismo e eu me identifiquei! É uma boa forma de lidar com seus pré-conceitos e aprender coisas novas, por isso: sim, valeu a pena voltar a assistir!

O que você acha dessa série? Alguma outra indicação desses seriados de longo tempo para dar uma segunda chance?

Você também pode me encontrar aqui 😉 

Compartilhe isso: