Paranoid, infelizmente uma série Netflix meia boca

(Post sem spoileres 😉 qualquer coisa, vamos aos comentários)

Hey!

Ultimamente tenho assistido séries produzidas ou co-produzidas pela Netflix e encontrei algumas muito boas, como Desventuras em Série (post em breve), outras loucas, como Santa Clarita Diet (post em breve) e, infelizmente, algumas meia-boca, como a do post de hoje, Paranoid.

Paranoid - elenco

Originalmente, o drama era da ITV, porém a Netflix comprou os direitos de produção, da mesma forma que fez com Better Call Saul, que antes era da AMC. Por conta disso, não sei até que ponto a nossa empresa de stream favorita participou da produção em si, mas aparece como Original, então esperamos que seja bom, certo?

Só esperamos mesmo 🙁

Antes de mais nada, vamos ver o trailer juntos:

A descrição do primeiro episódio na Netflix parece interessante:

O aparente assassinato aleatório de uma mãe em um parque infantil movimentado abala uma cidade inglesa. O policial Bobby Day começa a receber pacotes anônimos com pistas.

Não que seja um plot super inédito, mas, cá entre nós, quem não quer um drama que envolve uma mega teoria da conspiração e ainda com o charme do sotaque britânico? Pelo teaser, a série parece ser promissora e admito que um dos motivos de ter começado a assistir foi justamente por se passar fora dos EUA.

Vamos ao que eu achei:

História

Paranoid Netflix

Como eu disse, a série parecia ser promissora, mas infelizmente não atendeu às minhas expectativas. São 8 episódios e, como era esperado, os detetives passam a maior parte deles (no caso, 6 eps mais ou menos) para entender o que está acontecendo, mas acho que essa teoria da conspiração poderia ser melhor trabalhada.

É um assunto sério, com consequências sérias, mas que aparece de uma maneira um tanto quanto mínima no drama. Eu esperava que fosse “UAAAUUU, o mundo vai acabaaar”, mas foi apresentado somente um acidente (trágico, sim) e fiquei um pouco decepcionada, nem mencionaram questões econômicas, o lucro que essas pessoas têm em cima de outras etc quero ver treeetaaa.

De qualquer maneira, acredito que eles acertaram na temática, porque é uma teoria de conspiração famosa, eu já me peguei pensando nisso várias vezes e tenho certeza que você também.

Personagens

Achei os atores bem bons até, porque os personagens tem características fortes, com passados, neuras e outros aspectos que acredito que foram bem interpretados. Porém, em 8 episódios não é possível aprofundar muito em quatro ou cinco personagens (como a série faz), o que deixa as coisas um pouco confusas, mas tudo bem, tá tudo certo.

Paranoid - detetives

Os detetives principais são Nina (Indira Varma), uma mulher forte, que fala o que pensa sem filtro algum (o que a faz parecer meio louca às vezes, mas é só porque ela fala o que pensa, na hora que pensa, e como ninguém tem pensamente linear e claro, algumas coisas parecem não fazer muito sentido) e possui algumas preocupações com relacionamento, filhos e família.

Bobby Day (Robert Glenister), aqui temos um personagem para dar raiva, eita homem. Bob está passando por crises de ansiedade e de pânico, situações bem difíceis para um detetive, mas, porém, contudo, todavia, entretanto, ele é/se torna uma pessoa impulsiva, o que o colocou em algumas situações complicadas. Duas vezes ele está no clímax da série, situação tensa, perigosa, pode pegar o suspeito, pode morrer e ele não tem uma fucking arma ou telefone.

Alec (Dino Fetscher), um jovem bastante inteligente, que adora citar Shakespere e tem problemas com a mãe.

Outra personagem importante é Lucy (Lesley Sharp), uma testemunha ocular do assassinato principal bastante atenta aos detalhes. No começo você a vê e pensa “hmmmm, calma demais, aí tem coisa”, mas, na verdade, ela é assim mesmo haha extremamente calma, mas forte e também possui um passado com algumas dificuldades.

Como eu disse, os personagens são interessantes, mas, nos primeiros episódios, eles dão total atenção a um personagem misterioso e, de repente, ele some! Haha Tem várias situações no futuro que ele poderia ajudar, mas ele não aparece mais haha tudo bem, tudo bem.

Produção

Interior da Inglaterra, nunca fui, mas considero pakas <3 haha Eu curti a produção, cenário, fotografia, tudo bem bucólico e britânico. A série até vale a pena por causa da produção e, claro, sotaque. Como acontece uma morte na Alemanha, também temos detetives de lá trabalhando no caso, então temos também diálogos em alemão. Mesmo eu não entendendo nada, gosto de ouvir conversas que não sejam só em inglês americano.

Segunda temporada?

Ao que tudo indica, teremos uma segunda temporada e, pelo final do último episódio, até pode ser interessante, apontando para uma conspiração ainda maior. Espero que ela realmente seja melhor trabalhada e colocando mais drama nas consequências.

Vale a pena?

Paranoid Netflix

Olha, se você não tiver muito o que fazer e quer se deliciar com o sotaque e paisagens britânicas e ainda acompanhar um drama policial, se joga. Mas, de fato, há outras séries mais interessantes.

Eu vou ficar atenta à segunda temporada, pois já assisti uma e não da para parar agora haha quero conferir se realmente há algo maior acontecendo.

O que achou? Alguém mais já assistiu esse seriado?
Você me encontra aqui também ->  🙂

Compartilhe isso:
  • Dherick Del Piero Pariente

    Gostei mto do nome desse blog Kkk vim pelo pixel dungeon, vou acompanhar, um abraço!